FAZER AMIGOS: 5 DICAS PARA AJUDAR O SEU FILHO

Infelizmente, nem todas as crianças têm facilidade em criar laços com colegas, principalmente quando iniciam a vida escolar. Ver o filho isolado dos colegas, é algo que dói aos pais, que acabam por se perguntar de que forma podem mudar esta situação!

A primeira coisa a saber, é que esta é uma situação comum com solução. O facto de a criança ter um comportamento mais tímido, não significa que não conseguirá estabelecer conexões com os seus pares! E há, efetivamente, algumas coisas que os pais podem fazer para estimular essa mudança. Hoje deixamos algumas dicas!

fazer amigos

CRIE OPORTUNIDADES PARA O SEU FILHO SOCIALIZAR

Hoje em dia, devido ao contexto económico e social que vivemos, tem sido cada vez mais comum os pais optarem por ter apenas um filho. Isto significa que a criança, sem irmãos, acaba por conviver com outras crianças, maioritariamente, na escola.

Para ajudar a estimular as relações com os colegas, converse com os outros pais e promova encontros fora do círculo escolar. Também pode encorajar o seu filho a convidar alguns colegas a visitar a sua casa, onde poderá passar o dia a brincar!

Pode também combinar momentos de convívio com amigos seus que também tenham filhos e encorajar momentos de brincadeira com crianças da vizinhança!

Inscrever a criança em atividades extracurriculares também é uma ótima forma de fazer amigos!

REDUZA AS ATIVIDADES ISOLADAS

A tecnologia tem estado cada vez mais presente na vida das crianças. Acabam por passar muito tempo no computador, telemóvel ou a ver televisão. Estas atividades desencorajam a conversa e fazem com que as crianças se isolem mais.

Estipule um horário fixo em que os seus filhos tenham permissão para utilizar estes dispositivos!

APOSTE EM HISTÓRIAS SOBRE AMIZADE

O momento de contar histórias, além de ser ótimo para a relação entre pais e filhos, é uma oportunidade de aprendizagem.

Há imensos contos que falam sobre amizade, sobre a importância da empatia e da lealdade que ajudam a criança a refletir e a reproduzir estes valores no seu dia a dia.

Além dos livros, pode também ver filmes com estas temáticas e conversar com a criança sobre a história que acabaram de assistir. Esta é uma forma da criança absorver o que viu e de os pais perceberem o que os impactou.

SEJA UM EXEMPLO

Certifique-se que passa tempo com os seus próprios amigos e que o seu filho percebe isso. As crianças tendem a seguir o exemplo dos mais velhos e, se o seu filho entender que o pai e a mãe têm vários amigos e que se divertem a conviver com eles, terão mais tendência a querer reproduzir essa sensação com os próprios amigos.

FALE COM OS PROFESSORES

Diariamente, os professores são quem passa mais tempo com o seu filho, por isso, saberão dizer de que forma é que ele se relaciona com as outras crianças.

Se verificar que o seu pequeno tem tendência a isolar, tente perceber de que forma os professores podem ajudar a mudar a situação. Lembre-se que não são só os trabalhos de casa e as notas que importam!

Esperamos que as nossas dicas tenham ajudado! No entanto, lembre-se que a amizade é algo que deve crescer naturalmente, sem ser forçada. Proporcione as oportunidades necessárias, mas permita que o seu filho crie laços com quem se sentir mais confortável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *