Contar histórias: 3 benefícios desta atividade

histórias

Índice

Contar histórias às crianças é, atualmente, percebido como essencial e decisivo na formação dos futuros adultos. Elas são uma boa forma de os pequenos entenderem o mundo à sua volta, despertam a imaginação, as emoções, transmitem valores morais. Além disso, ajudam a desenvolver o gosto por este mundo, aumentando a probabilidade de um dia mais tarde, se interessarem pela literatura.

Quais são, então, os três principais benefícios deste momento entre educadores e crianças?

histórias

Desenvolvimento cognitivo e emocional

O principal, e mais óbvio, benefício de contar histórias às crianças é o seu contributo no desenvolvimento da criança, tanto cognitivo como emocional.

As histórias despertam diversos estímulos na criança como a capacidade de observação, concentração e ainda a memória. Ajudam também a desenvolver o vocabulário e o raciocínio, bem como a própria curiosidade e imaginação. Estes estímulos devem ser criados o mais cedo possível, pois, além de facilitar o desenvolvimento de capacidades como falar, pensar e aprender, ajudam a despertar o lado lúdico dos mais pequenos, onde desenvolvem a criatividade e sentido crítico.

Além disso, ouvir contos ajuda a criança a entender o mundo e a lidar melhor com as emoções. Ao “viver” a história com as personagens, a perceção da pluralidade de sentimentos dela e dos outros vai aumentar, tornando-a mais empática e aumentando a capacidade de comunicação e de aprendizagem.

Histórias como estímulo da resiliência

A maioria das histórias infantis caracteriza-se por personagens que enfrentam algumas adversidades e, fazendo o que está moralmente certo, alcançam um final feliz.

Este tipo de narrativa mostra às crianças que sentimentos como a tristeza e a angústia existem, mas que é possível encontrar soluções nos momentos mais difíceis, conduzindo à superação dos desafios. Este efeito é ainda maior se a história for contada por alguém que a criança admira.

Pai a contar histórias à filha

Relação entre o educador e a criança

Segundo a American Academy of Pediatric, contar histórias em voz alta às crianças desde o seu nascimento, fortalece o relacionamento entre o educador e a criança. Além de ser um momento agradável para ambos, cria memórias afetivas, aumentando a conexão entre os dois.

Como podemos ver, contar histórias é uma técnica poderosa na educação dos mais pequenos. A Edukar reconhece a sua importância no que diz respeito à aprendizagem de valores morais e sociais, ao desenvolvimento das capacidades intelectuais, do gosto pela literatura, bem como uma forma de viver um momento divertido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *